Blog

paineis_bc

Paineis Black Codes

FEIRA PRETA RJ – FESTIVAL BLACK CODES

Local: auditório do Museu MAR (capacidade para 100 pessoas)

Dias: 26 e 27 de novembro de 2016

Horário: 9h30 às 18h.

 

Imagine juntar empreendedores, coletivos, artistas e grandes empresas em um empreendimento coletivo. Esta é a proposta do Black Codes, uma mostra de casos e boas práticas em economia criativa da cultura negra, integrando também representantes das diversas linguagens artísticas como música, cinema, fotografia, artes plásticas e dança.

Em formato de painéis, artistas e empreendedores compartilham suas ideias, projetos e ações nas áreas da economia criativa.

Ao final das apresentações, vamos facilitar um processo colaborativo de cocriação, um movimento de mobilização para a cultura e empreendedorismo negro. O objetivo é o desenvolvimento de estratégias de inovação social para endereçar as principais barreiras que impedem o avanço de nossa causa.

As cocriações serão realizadas para os painéis de Afro Consumo e Ecossistema Afro Empreendedor com o seguinte fluxo:

  • (1 hora): painelistas apresentam seus projetos (7 min. cada)
  • (30 minutos): diálogo com plateia (estimativa de público de 100 pessoas)
  • (2 horas): cocriação. Ativismo, advocacy, pactos, manifestos. Uma estratégia e plano de ação para 2017 irá emergir da inteligência coletiva desses atores reunidos. (estimativa de público de 50 pessoas)

Os painéis de Transição Capilar e Feminismo Negro não terão as cocriações.

 

BLACK CODES ECOSSISTEMA AFROEMPREENDEDOR

Horário: 14h às 18h

https://www.sympla.com.br/festival-black-codes-feira-preta-rj-painel-ecossistema-afroempreendedor__99396

Como fortalecer o ecossistema afroempreendedor? Essa é a questão que norteará a discussão deste painel que contará com a participação de vários atores que compõem esse ecossistema:

  • Reafro – Adilton de Paula
  • Feira Preta – Adriana Barbosa é presidente do Instituto Feira Preta e sócia da produtora cultural Pretamultimidia. Com pouco mais de 20 anos de idade, criou a maior feira de cultura negra da América Latina, a Feira Preta, que é o espelho vivo das tendências afro-contemporâneas do mercado e das artes, além de ser o espaço ideal para valorizar iniciativas afroempreendedoras de diversos segmentos. Hoje, a Feira Preta se consolidou como uma plataforma de empreendimentos culturais, econômicos e educacionais (PRETA MULTIMÍDIA, AFRO-LAB, CASA DA PRETA, PRETA TRUCKER e BLACK CODES) capitaneados pelo Instituto Feira Preta.
  • Inova Capital – Leno Silva é diretor da LENOorb – Negócios para um mundo em transformação, diretor executivo do IBD – Instituto Brasileiro da Diversidade, e coordenador do Inova Capital – Programa de Apoio a Empreendedores Afro-Brasileiros. É membro-fundador da Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade e da Kultafro – Rede de Empreendedores, Artistas e Produtores de Cultura Negra; conselheiro do Museu Afro Brasil. Foi gerente de comunicação do Instituto Ethos e diretor de sustentabilidade da ANEFAC – Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e de Contabilidade. Editou 60 Impressões da Terça, 2003, Editora Porto Calendário e 93 Impressões da Terça, 2005, Editora Peirópolis, resultado parcial das crônicas que escreve semanalmente há mais de 10 anos, as quais as envia para um mailing pessoal, além de publicá-las no seu Facebook e nos portais envolverde.com.br e saopaulosao.com.br.
  • Black Pages – Daise Rosas. Consultora em Empreendedorismo com foco em empreendedorismo feminino, plano de negócios, desenvolvimento econômico, economia criativa, estratégias de negócios, processos de desenvolvimento organizacional, geração de trabalho e renda. Docente em cursos de Administração de Empresas e Psicologia, pesquisadora  em políticas públicas, gênero e raça e empreendedorismo. Gestora de Programas e Projetos: elaboração, implementação e avaliação. Empresária no ramo de Saúde e Beleza, Consultoria Empresarial sendo co-criadora e gestora das empresas EOSS Consulting, Black Pages Brazil e Instituto de Beleza Les Etoiles. Mãe de dois jovens, Mestre em Educação e Doutoranda em Psicologia Social, analisando o Empreendedorismo Feminino. Embaixadora Global em Empreendedorismo, título concedido pela organização estadunidense Vital Voices e membro da WeConnect, ambas empresas que apóiam o empoderamento das mulheres no mundo.
  • Beleza Natural – Marcia Silveira
  • Afro Business – Fernanda Ribeiro é co-fundadora e vice-presidente da Associação Afrobusiness Brasil. Formada em turismo e pós graduada na área de comunicação corporativa. Atuou em empresas multinacionais do segmento aéreo nas áreas de qualidade, experiência do cliente, treinamento e comunicação interna. Dedica-se também ao desenvolvimento de ações e programas para fomento da diversidade, inclusão econômica e social relacionados às temáticas de gênero e étnico-raciais.

Mediação: Daniele Apone, Entrenós Facilitação. Sustentabilista e especialista em investimento social privado e empreendedorismo social.  Pós-graduada em Economia e Gestão para Sustentabilidade pela UFRJ.

 

BLACK CODES FEMINISMO NEGRO

Horário: 9h30 às 11h30

https://www.sympla.com.br/festival-black-codes-feira-preta-rj-painel-feminismo-negro__100834

Construindo novas narrativas de liberdade. Mulheres negras, ativistas da luta pela equidade de gênero e raça falam sobre suas vivências e das batalhas que travam nas mais diferentes trincheiras, da literatura à política, do ambiente acadêmico à comunicação em rede.

  • DJAMILA RIBEIRO é pesquisadora na área de Filosofia Política e feminista. É secretária-adjunta da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo.
  • GIOVANA XAVIER é profa. UFRJ, mãe e coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Intelectuais Negras UFRJ.
  • JARID ARRAES – Escritora, cordelista e autora do livro “As Lendas de Dandara“. Criadora da Terapia Escrita, mediadora do Clube da Escrita Para Mulheres e do Clube Leitura Independente.
  • NINA SILVA é escritora e gerente de projetos especializada em tecnologia da informação. Membra Honorária da Academia de Letras de Araçariguama e região, coautora da obra Incorporos e participante de diversas antologias e estudos interseccionais de raça e gênero. Provocadora e pesquisadora da (in)visibilidade x ocupação das mulheres negras em cargos de liderança.
  • LARISSA SANTIAGO é baiana de Salvador, filha de Dona Madalena e feminista negra interseccional. Formada em comunicação social com especialização em publicidade, já atuou em em várias agências de publicidade e tecnologia de Salvador, João Pessoa e Recife, hoje se dedica a coordenar espaços virtuais e offline junto com as Blogueiras Negras. Dentre eles, espaços acadêmicos como o Seminário de Educação e Cultura da Universidade Federal de Uberlândia, Semana Feminista na Uninassau em Recife, Semana de Pedagogia da Universidade Federal de Pernambuco além de facilitar diálogos e conversas em espaços públicos e privados como os realizados pela ThoutghWorks Recife.

Mediação: JULIANA GONÇALVES. Mulher negra, mãe e jornalista. Como militante, integra a Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial de São Paulo (Cojira-SP). Atualmente é repórter do Brasil de Fato e colunista da revista eletrônica Calle 2 onde compartilha histórias que versam sobre sua condição no mundo: mulher negra, periférica, afrolatina, quiça, livre.

 

BLACK CODES TRANSIÇÃO CAPILAR

Horário: 14h às 16h

https://www.sympla.com.br/festival-black-codes-feira-preta-rj-painel-transicao-capilar__100839

Nos últimos anos o movimento de transição capilar se espalhou rapidamente na internet. Cansadas de alisar o cabelo, blogueiras e youtubers vem compartilhando dicas e informações para incentivar quem quer assumir os cabelos crespos e cacheados. O que isso tem a ver com empoderamento? Descubra nesse painel que reúne as idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo, Encrespa Geral, integrantes do coletivo Meninas Black Power e do Youtube do Amor.

Mediação: Cássia Marinho. Tecnóloga em Beleza, Estética e Imagem Pessoal, e pós-graduada em Cosmetologia aplicada, é expert e referência em cabelo afro.

Movimento Orgulho Crespo

Movimento em prol da valorização das mulheres com cabelos crespos, do empoderamento e da estética negra. Iniciado em 2015, com a 1ª Marcha do Orgulho Crespo em São Paulo, se espalhou rapidamente para outros estados e hoje está presente no Brasil e no exterior, sendo coordenado por Neomisia Silvestre (Hot Pente) e Nanda Cury (Blog das Cabeludas).

  • Nanda Cury: apontada pela ONG Think Olga como uma das 200 mulheres mais inspiradoras do mundo em 2015, na categoria blogs e redes sociais, é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo e criou o Blog das Cabeludas em 2008, onde publica conteúdo autoral para inspirar mulheres a aceitarem seu cabelos cacheados e crespos, livres de alisamento. É bacharel em Relações Internacionais e especialista em Marketing Digital.
  • Neomisia Silvestre: Jornalista, escritora, produtora cultural e ativista. Atua em projetos artísticos e socioculturais com foco em juventude, periferia e estética negra. É uma das idealizadoras da Hot Pente, projeto independente e itinerante de hip hop com protagonismo feminino; e uma das responsáveis pela criação, organização e articulação nacional do Movimento Marcha do Orgulho Crespo Brasil, iniciado em julho de 2015, em São Paulo. Escreve para o HuffPost Brasil.
  • Renata Prado: 28 anos, carioca, mãe, professora, ativista e integrante da Marcha do Orgulho Crespo Rio de Janeiro. Atualmente trabalha como produtora e no desenvolvimento de um projeto social. Sua relação com ativismo tem como foco a valorização da autoestima e da estética de mulheres e crianças negras por meio do empoderamento.
  • Marcela Lisboa: 25 anos, é estudante de jornalismo e produtora cultural. É ativista do movimento negro, integrante da Cia CorpAfro e da Marcha do Orgulho Crespo RJ.

Encrespa Geral

Projeto de ação social, com protagonismo negro, para um público multirracial. Dentre os principais objetivos destacam-se a promoção de eventos para tratar das temáticas do genocídio estético, do incentivo ao uso do cabelo natural e da valorização da cultura popular brasileira e de matriz africana. Iniciado no Brasil, por Eliane Serafim, hoje está presente na Inglaterra, Irlanda, Itália, Estados Unidos, Angola e Austrália.

Eliane Serafim é idealizadora do Encrespa Geral, Terapeuta Capilar e Tricologista (Não Médica), pela empresa Cabelo e Bem Estar.

Meninas Black Power

Composto por mulheres negras que optam pelo cabelo crespo natural, o trabalho do Coletivo consiste em incentivar a consciência do valor do cabelo crespo natural e outras características naturalmente pretas. Mais do que ensinar sobre cuidados, a missão é viabilizar a eliminação do racismo, preconceitos internalizados e fornecer meios para que a aceitação seja eficaz e constante. O coletivo realiza atividades por meio de grupos de trabalho nas áreas de educação, história-política, comunicação, cultura, moda e beleza e ações educativas para os públicos infanto-juvenil, como contação de histórias e oficinas em escolas da baixada fluminense. No Rio de Janeiro, o coletivo Black Power também promove o encontro Encrespando.

  • Jessyca Liris, filha de Omolú. Preta e mulher, respectivamente. 22 anos, da zona oeste do Rio, amadora na fotografia e formada em audiovisual pela ESPOCC.
  • Tainá Almeida. Estudante de Letras na Universidade Veiga de Almeida e tradutora / intérprete de Português – Inglês. É diretora de criação da grife Srta. Chris e uma das coordenadoras do Coletivo Meninas Black Power. No último dia 21 de Outubro Tainá, palestrou TEDxUnisinos e agora é nossa convidada.

YouTube do Amor

  • Marfim Rosa, mulher Negra, Crespa, Mãe, +40, produzindo conteúdo sobre beleza, cultura e empreendedorismo e empoderamento
  • Débora Ninja é modelo, maquiadora, blogueira e youtuber. Formada em Design de Moda e Tecnologia Têxtil, produz conteúdo para a internet com foco em cuidados com cabelo crespo, como penteados e hidratações. Também fala sobre autoestima, empoderamento e valorização da estética negra.
  • Gabi Oliveira é formada em Comunicação Social e atualmente é criadora de conteúdo no canal DePretas, no YouTube. Em seus vídeos, além da estética negra, ela aborda assuntos relacionados à vivência da mulher negra e relações étnico-raciais no Brasil.
  • Luany Cristina tem 25 anos, mora no Rio de Janeiro, é blogueira, youtuber e representante da cultura e beleza negra no mundo virtual. Formada em Design de sobrancelha e maquiagem, usa sua autenticidade, naturalidade e influência digital para compartilhar conhecimentos e dicas sobre maquiagem e cuidados com cabelo crespo. Também aborda assuntos sobre o universo feminino, auto estima e a valorização da beleza negra.

 

Equipe Facilitadores Cocriação:

Daniele Apone, Entrenós

Pós-graduada em Economia e Gestão para Sustentabilidade pela UFRJ. Formada em Comunicação Social com ênfase em Relações Públicas pela Universidade de São Paulo. Idealizadora da Entrenós, atua em planejamento e gestão de projetos socioambientais com foco em Empreendedorismo e Negócios Sustentáveis.

Barbara Panseri, Entrenós

Graduada em Relações Internacionais (USP), fez intercâmbio para a Sciences Po (Paris), participou da Formação de Governantes da Escola de Governo de São Paulo e atualmente é mestranda em Administração Pública e Governo (FGV-SP). Barbara já trabalhou no terceiro setor, em consultoria de políticas públicas e no setor público. Sua experiência como assessora na Secretaria Municipal de Gestão de São Paulo foi bastante significativa por aproximá-la de temas como o uso da tecnologia no setor público, compras públicas, planejamento e orçamento, e qualidade das políticas públicas. Hoje é consultora na Entrenós Facilitação, trabalhando com planejamento e gestão de investimento social privado.

Deloise Jesus, especialista em políticas públicas

‌Feminista e negra,  bacharel em Gestão de Políticas Públicas pela Universidade  de São Paulo  e mestra em Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do ABC.  É  membra da Comissão de Monitoramento da Política de Cotas Raciais na Prefeitura Municipal de São  Paulo e Diretora de Parcerias Público-Terceiro Setor da  Secretaria Municipal de Gestão.

Thamyra Thamara, GatoMÍDIA

Jornalista, mestra em Cultura e Territorialidade pela UFF, social mídia e  idealizadora do GatoMÍDIA, projeto de aprendizado em mídia e tecnologia para jovens de espaços populares. Thamyra ainda escreve para  Anastácia Contemporânea, DR e Favelados pelo Mundo.

Romário Regis, Agência PapaGoiaba

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *